Header Ads

Ivã de Almeida pede licença do cargo por 90 dias

Ivã de Almeida, presidente do Vitória, pediu licença cargo por 90 dias, após o revés por 3 a 1 para o Grêmio, nesta quarta-feira (19), no Barradão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O anúncio foi feito Paulo Catharino Gordilho Filho, presidente do conselho deliberativo da agremiação.


Com isso, Agenor Gordilho, vice-mandatário do clube. "Queria comunicar que o presidente Ivã de Almeida entrou carta de licença por 90 dias. O estatuto, na vacância, estabelece que Agenor Gordilho, vice-presidente, ficará no comando desse novo processo.

É hora de abraçar o Vitória. É hora de unir para conduzir o Vitória e tentar recuperar na tabela do Campeonato Brasileiro. Queria fazer apelo a todas as lideranças, todos os rubro-negros, para que se juntem no processo.

Vamos abraçar os jogadores, comissão técnica, dar carinho e blindar todos os jogadores, que precisam. Eles têm nossa confiança de que podem dar mais", afirmou o dirigente.

Agenor chegou a pedir afastamento do cargo no período da manhã, mas voltou atrás. Com 12 pontos, o time comandado pelo técnico Alexandre Gallo ocupa a penúltima posição no certame nacional.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.