Header Ads

Nino Paraíba se despede do Vitória: “minha história está ligada ao Vitória”

Nino Paraíba se despede do Vitória: “minha história está ligada ao Vitória”
Afastado após cometer um pênalti infantil que resultou na eliminação do Vitória da Copa do Nordeste, o lateral Nino Paraíba resolveu se despedir do clube através de uma carta, após seis anos na Toca do Leão.

O atleta teve uma chegada polêmica no Barradão, por que o Vitória teria ‘atravessado o rival Bahia, que também estava em negociações com o jogador, que antes de vir para Salvador atuava no Campinense.

Pelo Vitória, viveu altos e baixos, além de longos períodos lesionado, por conta de um problema crônico no púbis. Sua melhor temporada talvez tenha sido a de 2010, quando foi peça importante do time que chegou na final da Copa do Brasil, mas não conseguiu evitar o rebaixamento na Série A ao final do ano.

Confira a carta deixada por Nino:

Nunca fui muito bom nas palavras. Sempre procurei ser o mais discreto possível, mas este momento não poderia passar em branco. Estou deixando o Esporte Clube Vitória, após quase seis anos na Toca do Leão.


Tenho tanta gente para agradecer por tudo que passei aqui, neste clube que aprendi a amar, que nem sei por onde começar. Mas, em primeiro lugar, gostaria de agradecer ao principal motivo da minha longa permanência na Toca: o torcedor. Este foi fundamental para meu crescimento e sem ele não seria, hoje, o Nino que sou.



Minha relação com a torcida sempre foi muito respeitosa e tudo que passamos ficará marcado em minha memória para sempre, afinal de contas, são quase seis anos aqui. Minha história de vida e da minha família está ligada ao Vitória. Se deixei a desejar em alguns momentos, peço desculpas, mas sempre busquei acertar.



Sou um privilegiado por ter vestido essa camisa rubro-negra. Procurei honrar esse manto todas as vezes – e não foram poucas – que coloquei o uniforme do clube. Estarei, de longe, torcendo para que a equipe consiga o principal objetivo nesta temporada: o acesso para a Série A, local onde nunca deveria ter saído.



Por fim, deixou meu abraço aos funcionários do clube, que sempre me trataram com um carinho inesquecível, e a diretoria.



Agora, sigo meu caminho de cabeça erguida e com muitos sonhos em mente.




Um abraço,



Nino Paraíba

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.